Assim me apresento...

Eu sou a Raquel, 

Comecei a falar muito cedo, agora entendo o porquê, conversar é o que mais faço, vivo das relações, de sentir, de ver, de ouvir o outro. 
Tenho dois filhos que são dois grandes mestres que todos os dias me ensinam e me mostram mais sobre mim, tenho um homem especial ao meu lado com quem escolhi partilhar esta viagem, juntos vamos construindo um nós e nos divertindo muito pelo caminho. 

Desenvolvi ainda em criança um gosto por entreter, por contagiar quem estivesse comigo com alegria, autenticidade e coragem. 
Surgiu assim a minha profissão, escolhi ser professora de educação física e desporto como um meio para chegar ao outro num ambiente descontraído e descomplicado.

Sempre tive paixão pela música e pela magia da dança, então danço para ser feliz, para me libertar, para me empoderar, para celebrar quem sou.

 

A minha mensagem de vida, é inspirar e ajudar pessoas a sentir e viver o seu poder, para que possam ser livres de liderar e celebrar quem são.

A minha Dança...

Danço e faço coreografias desde muito nova, aos 3 ou 4 anos fazia-o em família, quando casava ou nascia alguém. Mais tarde, em palco, em grupo, e no fim de almoço quando arrastava o sofá antes de ir para as aulas.

Aprendi  vários estilos, então fui criando a minha aula, seguia as modas, tinha as roupas, tudo direitinho...como acreditava que deveria ser.
Uma característica minha sempre foi o improviso porque às vezes chegava à aula e o que tinha planeado não era o que as minhas alunas estavam a precisar ou acompanhar, então rapidamente me deixava GUIAR pelo que estava a sentir e mudava tudo, divertia-me imenso.

Houve  um momento em que parei de dançar e dar aulas, houve um momento em que me perdi de mim e inevitavelmente a dança parou sem me aperceber.


Quando em setembro de 2018, fiz o meu primeiro retiro de desenvolvimento pessoal, tive consciência que a liberdade, a fluidez a entrega eram maiores e mais profundas quando dançava sozinha. 
Porque ainda estava presa ao ter de dançar certinho, nos tempos da música, com os passos adequados ao estilo da música. Na realidade tudo isto refletia a importância da opinião dos outros na minha vida, ao ponto de influenciar, castrar e controlar a minha alegria em dançar.

Após muitas tomadas de consciência, de muita entrega voltei a dançar e voltei a dar aulas de dança de uma forma tão profunda que a minha dança é quem EU SOU. 
Quando danças acedes a partes de ti que muitas vezes não vês, o teu corpo tem muitos sentimentos e memórias guardadas, à espera de serem acolhidos e transformados.


Se te entregares a ti e estabeleceres uma conexão profunda contigo, vais aceder ao que tens guardado dentro de ti e trazes para o consciente. Aí vais transmutar e transformar o que estas a sentir e então ao libertar vais ganhar espaço para preencheres com o que mais queres...amor, paz interior, alegria, celebração, gratidão❤️

Um dia dançamos juntos... 

SUBSCREVE A NEWSLETTER

Queres ser o primeiro a receber os meus conteúdos e novidades? Ao fazeres esta subscrição recebes em primeira mão o meu mais recente conteúdo.

Show some love...

  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

© 2020 The GuiDance by Raquel Guimarães

Todos os Direitos Reservados.